Resiliência - capacidade de resistir e recuperar

Resistir e recuperar


"A capacidade de recuperação depois de uma situação adversa, ou depois de qualquer problema que se apresente na vida, recebe o nome técnico de resiliência. Trata-se de uma palavra que tem origem no inglês e que se utiliza em engenharia e arquitetura para fazer referência aos materiais de construção que são ao mesmo tempo duros e flexíveis.

A resiliência aplicada à pessoa significa a capacidade desta ultrapassar situações extremamente adversas, visto que tem resistência para fazer face às circunstâncias desfavoráveis, mas ao mesmo tempo é flexível para se adaptar. Face a situações hostis, há pessoas que as ultrapassam e outras não. As primeiras têm resiliência, conseguem recuperar depois das infelicidades e calamidades, conseguem vencê-las sem sucumbir.





Resiliência na prática: Eneias e a destruição de Tróia

A cidade de Tróia estava há dez anos cercada pelos exércitos gregos, que se queriam apoderar dela. Depois de muitos esforços, conseguiram entrar. Construíram um grande cavalo em que se esconderam muitos guerreiros e deixaram-no frente às muralhas.

Os troianos pensaram que era um presente para os seus deuses e fizeram-no entrar na cidade, embora alguns já desconfiassem de que poderia ser uma armadilha. De noite, todos os guerreiros saíram do interior do cavalo e começaram a matar troianos e a queimar a cidade inteira.

Eneias, um general troiano, que vivia na cidade com toda a família, tomou as armas, pronto a morrer às mãos do inimigo. Reuniu um grupo de jovens guerreiros e incitou-os, gritando-lhes:

- Mesmo que tenhamos de ser derrotados e que tudo se tenha decidido contra nós, segui-me!

Tudo era derrota e morte. Eneias sentiu que seriam vencidos.

Então, foi ao encontro do seu pai, Anquises, já idoso. Com ele estava Creusa, sua esposa, com Ascânio, seu filho, ainda pequeno, e outros familiares queridos.

O fogo aproximava-se, e tudo parecia uma maré infernal que os rodeava e estava prestes a devorá-los.

Eneias pôs aos ombros a pele de um leão vermelho e carregou o pai às costas, e pegou no filho pela mão e partiu com a mulher a seu lado para uma colina fora da cidade. Caminhou com grande decisão e, quando o dia se anunciava, chegaram ao cimo da colina. Ali os esperavam mais familiares e amigos.

Todos tinham fugido a uma morte certa seguindo Eneias. Levavam comida e sacos com roupa. Olhavam com os olhos tristes para a cidade de Tróia, antes belíssima e que agora fumegava como um monte de cinzas, restos de uma fogueira. Estavam dispostos a seguir Eneias fosse para onde fosse. Construíram barcos e lançaram-se ao mar numa longuíssima viagem que os conduziu a Itália e, ali, dizem, fundaram Roma como uma nova Tróia.

Em suma:

Como podem ver, a resiliência tem muito a ver com a atitude que adotamos perante a vida. Há pessoas a quem qualquer coisa cai mal ou parece pouco. Há outras que procuram ver o lado positivo da vida. Isto tem a ver com a resiliência. Como o metal que se dobra, mas, vigoroso, se endireita de novo.

Eneias, o nosso herói troiano, é um exemplo, visto que, apesar de todas as adversidades, se recompunha sempre e recuperava o espírito."


Adaptado de: O Grande Livro das Emoções


#resiliência #resistirerecuperar

60 visualizações