Quando fazer terapia de casal?

A terapia da casal é encarada muitas vezes pelos casais como o último recurso para salvar o casamento, quando tudo o resto que foi experimentado pelo casal falhou. No entanto a terapia da casal não precisa de surgir na vida do casal somente como último recurso mas antes em momentos de crise que vão surgindo no ciclo de vida do casal. As situações de transição trazem um maior potencial de crise — o casamento, o nascimento de um filho, a entrada dos filhos na adolescência, a saída dos filhos de casa, situações de desemprego, de doença, dificuldades financeiras…

O casal é composto por duas pessoas cujas vidas diferentes devem ser conjugadas de forma a que ambos se sintam integrados e respeitados nas suas individualidades funcionando no entanto para um nós comum.

A terapia de casal pode surgir como forma de promover a harmonia e endereçar pequenos problemas que vão surgindo e que vão fragilizando a relação. A terapia de casal intende promover, modificar ou intensificar práticas do casal, relembrado o que já fazem bem e pensando em conjunto acerca do que podem modificar e como.

Muitas vezes, os casais percebem que alguma coisa os está a afastar, e podem até já ter identificado o problema, mas não conseguem sair desse sítio, reforçando inseguranças e dificuldades.

No entanto, não há fórmulas secretas e a terapia de casal requer entrega e vontade de mudança, primeiro em si mesmo, e depois em ambos.

105 visualizações