O stress pode ser positivo?




Muito se tem falado sobre stress e ansiedade e como estes influenciam os nossos comportamentos, o nosso corpo, mente e emoções.

Podemos descrever stress como a resposta fisiológica e comportamental a determinado acontecimento, levando a pessoa a sentir-se ameaçada, interferindo com o seu equilíbrio emocional.


O stress é um fator determinante da qualidade de vida e uma das principais causas de doença profissional, com implicações diretas na nossa saúde física e psicológica.

Usualmente, a pessoa que sofre com stress sente que não consegue controlar o seu tempo ou gerir todas as tarefas que tem a seu cargo ressentindo-se da pressão de tentar equilibrar o trabalho e as suas responsabilidades pessoais, causando impacto direto na sua vida pessoal bem como no desempenho profissional.


No entanto, o stress pode ter efeitos positivos. Quando bem gerido o stress pode ter componentes adaptativas. Segundo alguns estudos, o stress pode ter impactos positivos na memória. Quando mantido em níveis adequados, o stress potencia a atenção e o foco até uma tarefa estar concluída. Por outro lado, pode aumentar a criatividade e a eficiência.

Na verdade, sentimentos que por vezes julgamos negativos, quando reinventados e quando olhados de um diferente ângulo, podem ser positivos.


Segundo Kerry McGonigal, da Universidade de Stanford, o stress pode ser nosso amigo: “Se conseguir olhar para o stress de forma diferente, pode alterar o efeito que tem em si. Não precisa de fazer terapia ao longo de 20 anos. A chave está em mudar a forma de pensar. Se aceitar o stress, pode transformar o medo em coragem, o isolamento em ligação e o sofrimento em significado.”


Fazer terapia pode ajudar lidar com o stress e ajudar a transformar a ideia negativa usualmente associada aos sintomas desconfortáveis do stress na ideia de que o stress tem fatores positivos e necessários à adaptação às situações.

11 visualizações