top of page

Em que consiste uma Avaliação Psicológica?


Sabia que a avaliação psicológica é um ato exclusivo da Psicologia e um elemento distintivo da autonomia técnica dos psicólogos, em relação a outros profissionais?


A avaliação psicológica é um processo fundamental na Psicologia, que encaminha para uma intervenção psicológica de sucesso.

A mesma poderá ser mais formal, isto é, mais extensa, pormenorizada e com instrumentos de avaliação vários, que habitualmente se aplica ao estudo de possíveis diagnósticos (exemplo: Espetro de Autismo, etc.); outras vezes trata-se de uma avaliação mais breve, de menor duração, direcionada a uma problemática em específico muitas vezes já identificada e, portanto, o objetivo é mais centrado na medição da intensidade dos sintomas (exemplo: Ansiedade).


Mas como se processa a avaliação psicológica?

A avaliação é realizada por psicólogos, qualificados e com treino específico, obedece a um protocolo específico, elaborado caso a caso, onde são selecionados pelo psicólogo técnicas e instrumentos de avaliação validados, atualizados e fundamentados do ponto de vista científico. A avaliação pode contemplar diversos objetivos e possíveis resultados, na medida em que corresponde a um processo compreensivo do pedido do cliente e/ou das áreas envolvidas nos problemas identificados.


O psicólogo pode recorrer a vários informadores, de forma a reconhecer e validar diferentes tipos de informação, no caso das crianças por exemplo, revela-se fundamental recolher informação junto dos pais, escola, entre outros intervenientes do seu dia-a-dia.


O processo é voluntário e é necessário obter consentimento informado, também para recolher dados junto de outros informadores, excepto em situações particulares (exemplo: menores de idade, imposição legal, etc.).


Que instrumentos de avaliação são utilizados?

Os instrumentos utilizados têm estudos psicométricos associados, isto é, foi verificado a validade e fiabilidade dos resultados com pessoas de populações específicas e como tal, a avaliação mede as áreas em estudo, com base na natureza normativa, respondendo diretamente às necessidades de informação e objetivos estabelecidos.


E depois da aplicação dos instrumentos de avaliação?

A avaliação, interpretação de resultados e conclusões, o diagnóstico, relatório, intervenção e recomendações são fundamentados nos resultados dos testes, na observação clínica e na recolha de informação pertinente (anamnese), sendo essenciais para uma avaliação compreensiva.

No final, é elaborado um documento escrito (relatório) que permite dar resposta aos objetivos do processo de avaliação. É realizada uma consulta, onde se entrega o relatório e se explica os resultados e conclusões da avaliação.


Se considera relevante realizar um processo de Avaliação Psicológica, aconselhe-se com o seu Psicólogo ou Médico, para avaliar a pertinência e adequação dos seus motivos. No nosso centro, os psicólogos dos núcleos infantil/juvenil e de adultos, estão preparados para a realização de avaliações psicológicas.


Diana Fonseca

Psicóloga clínica

128 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios

Obtuvo 0 de 5 estrellas.
Aún no hay calificaciones

Agrega una calificación
bottom of page