Abra as janelas da sua vida!

“Fecha-se uma porta, abre-se uma janela.”



Quantas vezes ouvimos nós esta expressão? E quantas vezes nos debruçámos sobre o seu verdadeiro significado?

Muitas vezes, principalmente em momentos de maior adversidade, tendemos a focar-nos nos porquês de termos falhado em relação a algo com que nos comprometemos: a um objetivo que traçámos, a um sonho que ambicionámos alcançar. Este tempo de dúvida e de sofrimento, quando nos deparamos com a porta fechada, retira-nos a clareza e a energia para nos focarmos numa possível solução ou noutras oportunidades que cruzam o nosso caminho.

Se vos atirasse uma noz – à qual daria à partida o nome de “Oportunidade” – e se não a apanhassem, sobrar-vos-iam duas opções: ou perder tempo a apanhar esta Oportunidade que deixaram escapar ou a apanharem a próxima noz que vos atiraria. É neste sentido que a expressão referida no início deste texto surge. Ao invés de nos focarmos na porta que se fechou diante de nós, tornemo-nos ativos a procurar as janelas que, no entretanto, se mantêm abertas.

O tempo que habitualmente perdemos na busca das respostas aos “porquês” e aos “e ses…” do dia-a-dia, pode efetivamente ser usado, de forma criativa, na criação e planeamento de soluções alternativas para a situação em que estamos. Até porque, na maior parte das vezes, respostas a perguntas como “porquê a mim?” ou “eu merecia isto?” serão inexistentes e/ou pouco construtivas, podendo, no entanto, ser substituídas por questões mais úteis, tais como “o que poderia ter feito de diferente?”.

Este tópico prende-se muito com as expectativas que criamos e depositamos, não só nas oportunidades, mas em nós próprios. Cada vez que ambicionamos algo irrealista, estamos à partida a sabotar o nosso percurso para o alcançar, perdendo posteriormente a esperança em nós, nas nossas competências e capacidades. Vamos então definir objetivos mais realistas, específicos e mensuráveis, de forma a saber exatamente aquilo a que nos comprometemos e a perceber se e quando o alcançarmos.


E você? Já abriu as janelas da sua vida hoje?

102 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo