Terapia da Fala com Resultados Estéticos e Fisiológicos



A Motricidade Orofacial é considerada uma área de atuação do Terapeuta da Fala direcionada para a prevenção e intervenção nas alterações estruturais e funcionais de músculos dos articuladores orais e intraorais presentes nas funções estomatognáticas como a respiração, sucção, deglutição, mastigação, fala. Esta área tem por objetivo alcançar o equilíbrio entre as estruturas e as funções orais, mediante a aplicação de abordagens e técnicas específicas à situação clínica do paciente.

A Motricidade Orofacial apresenta uma aplicabilidade em diferentes áreas, destacando uma mais recente e ainda pouco conhecida em Portugal, a estética da face. O trabalho aplicado a este ramo ou especificidade envolve a observação, manipulação, técnicas da especialidade, mas dirigidas para o objetivo final, suavização das rugas de expressão facial, através de um tratamento natural e não invasivo, visando um rejuvenescimento da face da pessoa.

O ser humano, ao longo da sua vida, realiza movimentos musculares para realizar determinada função oral, como respirar, falar, mastigar, engolir….



Já alguma vez se observou a comunicar? A mastigar? Que movimentos faz de forma repetida? Sabia que estas repetições que originam contrações e que promovem rugas, inicialmente funcionais (que desaparecem no fim do movimento) ou que á medida que o tempo passa se definem como rugas marcadas na face?

O interesse nesta área surgiu ainda na licenciatura da especialidade da Terapia da Fala, tendo-me apaixonado pela área da Motricidade Orofacial, para além da comunicação. A pesquisa desta aplicabilidade surgiu em 2013, tendo realizado uma pesquisa profunda sobre o tema, intervenção e procura no mundo. Constatei que a intervenção tinha por base as premissas das abordagens e técnicas da motricidade orofacial, com ênfase na melhoria da força muscular, tónus e praxias que promoviam contração muscular. Mais tarde, e após conhecer o Método, compreendi que o objetivo final do trabalho seria diferente, sendo que o objetivo não era promover contração muscular que cria rugas, mas sim o oposto.

O método que conheci, nomeia-se de método MZ, criado em 1998 pela Fonoaudióloga Magda Zorzella, apresentando evidência científica quanto à sua atuação e aos resultados estéticos. Salienta-se que o mesmo se define como natural e não invasivo, utilizando abordagens e técnicas da área da motricidade que visam o alcance de resultados estéticos e fisiológicos e reequilíbrio da musculatura orofacial.


Nesse sentido, em 2015 iniciei a minha formação nesta área, realizando a vertente prática no ano de 2016 e um trabalho orientado pela fundadora do método.


Para além dos resultados estéticos, procurados pela maioria das pessoas, com este método é possível observar harmonização facial e reequilíbrio de todas as funções estomatognáticas.

O reequilíbrio e adequação das funções estomatognáticas é garantido e a pessoa toma consciência dos movimentos excessivos que realiza no seu dia a dia, sendo ela o principal elemento ativo deste processo. O Terapeuta da Fala tem o papel de avaliar a estrutura, funções estomatognáticas e traçar um plano terapêutico que visa não só o rejuvenescimento de toda a face como também uma harmonização e um equilíbrio entre a estrutura e as funções orofaciais.






0 visualização